Prévia da inflação oficial acelera para 0,27% em setembro, diz IBGE.

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerada uma prévia da inflação oficial usada nas metas do governo, acelerou para 0,27% em setembro, LEIA MAIS...

Acesso à informação: Mais de 50% dos municípios da Paraíba não têm site, diz estudo.

Um levantamento verificou que 122 municípios paraibanos não apresentam um endereço eletrônico funcionando na internet, o que representa 54,71% do total do estado. LEIA MAIS...

Sine-PB oferece 100 vagas de emprego em Santa Rita e Campina Grande.

O Sistema Nacional de Emprego na Paraíba (Sine-PB) de Santa Rita está selecionando 80 pessoas para trabalhar numa fábrica de confecção de peças íntimas localizada em Santa Rita.LEIA MAIS...

Smart Android da Philips tem bateria capaz de aguentar 2 meses ligado.Veja!

Smart Android da Philips tem bateria capaz de aguentar 2 meses ligado
A batalha dos smartphones com baterias gigantes parece estar só começando. Depois da Nokia anunciar um celular capaz de durar até 29 dias em stand by, a Philips anunciou a chegada do W6618, um Androidque promete ficar ligado por 2 meses (66 dias) sem precisar de recarga. A novidade começou a ser vendida na última semana na China por US$ 273 (cerca de R$ 615).
O segredo para tanta vitalidade está, obviamente, na bateria que acompanha o dispositivo. O componente possui impressionantes 5.300 mAh, a maior capacidade de armazenamento já posta em um smartphone à venda. Apenas tablets passaram a barreira dos 4.500 mAh em bateria. Com toda essa capacidade, a empresa promete 33 horas ininterruptas de conversação ou 1.604 horas em stand by.
As outras configurações do smartphone não impressionam, entretanto. O modelo vem com Android 4.2 "Jelly Bean", tela touchscreen de 5 polegadas com 540 x 960 pixels de resolução, processador Media Tek quad-core 1.3Ghz, 1GB de memória RAM e entrada para cartão de memórias de até 32GB.
Com essa aposta, a empresa holandesa corre por fora para se destacar no mercado de smartphones, hoje liderado por Samsung e Apple. Ainda não foi confirmado se ele sera posto à venda fora da China

Narrador Luciano do Valle morre aos 66 anos após passar mal em avião. Veja!

Luciano do Valle, narrador esportivo da Rede Bandeirantes, morreu neste sábado aos 66 anos.

De acordo com a emissora, o locutor começou a passar mal às 15h15, quando viaja a Uberlândia, onde narraria a partida entre Atlético-MG e Corinthians.

A morte ocorreu às 16h15. A Band, emissora que ele ajudou a alavancar como o "Canal do Esporte", até as 17h15, afirmava que ainda não sabia a causa da morte.

Em 2012, Luciano chegou a se afastar dos trabalhos na Bandeirantes devido a problemas de saúde. Na ocasião, ele sofreu uma leve isquemia cerebral, um tipo leve de AVC (acidente vascular cerebral).

"Foi o cara que deu um novo sentido à televisão brasileira. A visão que o Luciano tinha de televisão e profissionalismo estava muito adiante do tempo dele. Viveu um vida feliz, plena de realizações", disse, bastante emocionado, o jornalista e apresentador José Luiz Datena, à Band.

Luciano era uma das maiores referências na locução esportiva. Desde 1971, passou pela Rede Globo, pela Record e pela Bandeirantes, onde trabalhou por mais de 30 anos. Em 2013, completou 50 anos de carreira. Seu último jogo foi a final do Campeonato Paulista.

O narrador teve papel fundamental no esporte brasileiro, uma vez que ele impulsionou diversas modalidades que não tinham espaço na TV aberta. Organizou o jogo memorável entre Brasil e URSS, no Maracanã, que mudou o vôlei brasileiro. Abriu espaço para Hortência e Paula, transmitiu jogos de futebol feminino, alavancou a carreira de Maguila e deu o início para transmissões da NBA, da Fórmula Indy e do futebol americano no Brasil.

"A Bandeirantes nunca mais será a mesma, com certeza. Nunca mais terá uma pessoa no esporte como foi o Luciano do Valle. Outros virão, mas a falta dele é insuperável. A ausência nos deixa sem termos, sem definição. É um dia de muita tristeza, de muito pesar. Está certo aquele que diz que parte feliz quem deixa uma obra e ele deixa algo inigualável.", disse Datena.

Comentarista da Band e com Luciano do Valle há dez anos, o ex-jogador Neto quase não conseguiu falar do amigo. Chorando muito, com voz embargada, o camisa 10 fez um emocionante discurso sobre um de seus conselheiros.

"Sei da dificuldade que ele estava passando como pessoa, não estava muito bem de saúde, não. É muito triste, porque estava com vontade tão grande de fazer essa Copa do Mundo de 2014. Ninguém sabia que ele estava um pouco doente", disse Neto.


Fonte: Estadão

Fã leiloa camisa da seleção e chuteira doadas por Hulk a padroeira no Sertão.Veja!

Uma camisa da Seleção Brasileira e uma chuteira autografadas que foram doadas pelo jogador paraibano Hulk a Nossa Senhora da Conceição, padroeira do município de Boa Ventura no Sertão do estado, a 371 quilômetros de João Pessoa, estão sendo leiloadas por um torcedor e fã do atleta que arrematou as peças durante a festa religiosa da cidade.

O fã do jogador Hulk, Lambert Gomes de Lima, disse que resolveu leiloar as peças para que elas possam chegar às mãos de outros torcedores e admiradores do futebol do atleta paraibano.

"Estou com o leilão aberto desde a segunda-feira (7) de abril até o dia 1º de junho, mês em que acontece a Copa do Mundo no Brasil, por isso quero que o futebol paraibano, através do nosso craque Hulk, seja divulgado e repassado para outros admiradores ", revelou.


Ele contou que o jogador sempre que está de férias vem a cidade de Boa Ventura, terra natural de sua esposa, Iraneide Ângelo. A doação da camisa da seleção teria sido feita à padroeira Nossa Senhora da Conceição, em 2011. Já a chuteira teria sido doada pelo jogador em 2012.

Lambert contou que arrematou os objetos doados por Hulk por R$ 300 cada. "Agora quero que esses objetos que são símbolos da garra, solidariedade e da amizade do atleta paraibano, sejam repassados para que outros admiradores da pessoa e do atleta Hulk possam possuí-los", revelou.

Ele revelou que o jogador é muito admirado pela simplicidade e humanidade, mas não gosta da divulgação do que ele faz por pessoas carentes. "Ele vem aqui, ajuda as pessoas, dá inclusive cestas básicas aquelas famílias mais necessitadas, mas não gosta que divulguem as coisas que ele faz".

O jogador paraibano Givanildo Vieira é natural de Campina Grande,  atua no time do Zenit, da Rússia, e está entre os atletas com vaga na seleção para jogar a Copa do Mundo no Brasil, garantida.

Além da camisa, da chuteira, Hulk também teria doado uma bola à paróquia da cidade para ser leiloada em festa da padroeira, mas Lambert contou que não conseguiu arrematar a bola que ficou com uma ex-primeira dama da cidade.

Lambert  informou que os interessados em arrematar as peças autografadas do jogador Hulk podem entrar em contato através do WhatsApp e telefone (83) 8865-3010.  

Luciana Rodrigues/PortalCorreio

Edital do concurso da PM da Paraíba 2014 está quase pronto para ser divulgado.Veja!

A Polícia Militar está finalizando os últimos detalhes do edital do concurso público para 520 soldados da PM e 80 bombeiros militares, totalizando 600 vagas para candidatos de nível médio. Os assuntos abordados, distribuição de vagas por gênero e região, testes e exames exigidos, assim como os requisitos para os candidatos estão passando pelos ajustes finais.



O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, informou que, assim que o processo de elaboração do edital for concluído, a comissão do concurso e o comando geral da PM irão conceder entrevista coletiva à imprensa . “Iremos chamar toda imprensa em um primeiro momento, antes mesmo do lançamento do edital no Diário Oficial, para repassar os detalhes e divulgá-los amplamente para que o candidato possa dirimir todas as dúvidas sobre o concurso”, destacou.

O concurso público será composto por cinco etapas: exame intelectual; exame de saúde; exame de aptidão física; exame psicológico; e avaliação de conduta, sendo a primeira de caráter classificatório e eliminatório e as demais somente eliminatórias.

O presidente da comissão coordenadora do concurso, coronel Marcos Alexandre Sobreira, adiantou que o lançamento do edital está previsto para o mês de abril. “Temos vagas tanto para a Polícia Militar como para o Corpo de Bombeiros Militar nesta seleção que será feita de forma comum em todas as etapas, com um diferencial na avaliação física exigida entre as duas instituições, que possuem atividades específicas”, esclareceu.

O concurso público foi autorizado pelo governador Ricardo Coutinho no mês de fevereiro.

Assessoria | Edição Matureia1.com

Mãe Pede Perdão À Filha Que Morreu Afogada E Leva População As Lágrimas.Veja!

SÃO JOÃO DO CARIRI - A população acompanhou de perto com muita tristeza e comoção o corpo da vítima, Fabiana Luis de Oliveira, enquanto aguardavam a presença do Instituto de Medicina Legal (IML) para remover o corpo do local, nesta sexta-feira (11).

Clique para ampliar
Como já estava ficando tarde, a ambulância do município foi até o local, onde estava sendo guardado pela Polícia Militar e removeram-no para frente da Cadeia Pública de São João do Cariri, aonde até as 18 horas ainda se encontrava a espera do IML.

Um dos momentos mais comoventes e tristes foi quando a senhora, Creuza, mãe da vítima, chegou ao local para o reconhecimento do corpo.

Suas palavras e pedidos de perdão à filha morta levou os populares as lágrimas.

Com Heleno Lima

Bebê De Nove Meses Acusado De Tentativa De Homicídio É Inocentado.Veja!

A Justiça do Paquistão retirou neste sábado (12) a acusação contra um bebê de nove meses que havia sido acusado de tentativa de homicídio. Mohammed Musa Khan compareceu a uma audiência em Lahore, no nordeste do país. O bebê foi levado para a audiência nos braços de seu avô.

A criança foi absolvida, mas a acusação contra a família dele foi mantida. Doze membros de sua família foram acusados de tentativa de homicídio contra um dos policiais que tentaram acabar com um confronto entre moradores e funcionários de uma companhia de gás. A imagem do bebê chorando enquanto tinha as impressões digitais tiradas gerou indignação entre os paquistaneses. 


Criança de nove meses chora enquanto colhem suas impressões digitais para ser liberada sob fiança. (Foto: AFP)

O suposto ataque aconteceu no último dia 1º de fevereiro, quando um grupo de policiais foi a uma casa para cobrar o pagamento de uma conta de gás. Após um desentendimento, o pai do bebê, um irmão mais velho e outras pessoas presentes na residência jogaram tijolos nos oficiais e deixaram alguns deles feridos.

A criança foi aparentemente indiciada porque um inspetor assistente afirmou, em boletim de ocorrência, que "toda a família de Musa participou de uma agressão que o atingiu na cabeça".

Engano
Crianças menores de sete anos não podem ser acusadas de crime no Paquistão. Segundo a polícia, houve um engano porque o inspetor não sabia que, ao fazer o boletim incluindo toda a família, um dos membros tinha apenas 9 meses. 


Bebê acompanhou a audiência deste sábado (12) nos braços do avô (Foto: AFP)

O inspetor assistente que fez o documento receberá uma suspensão, mas a ordem para isso só veio depois que o pequeno Muhammad já havia sido liberado provisoriamente pelo juiz. 



Correio 24hrs com agências / Fotos: AFP

Famosos Pedem Ajuda Para Bebê Com Doença Rara Em Redes Sociais.Veja!

A luta da pequena Sofia Gonçalves de Lacerda, de Votorantim (SP), ficou conhecida em todo o país e comoveu até o meio artístico, que tem feito mobilizações nas redes sociais para tentar ajudar a criança. A menina, de apenas três meses de vida, sofre de uma rara doença que provoca problemas no intestino, na bexiga e no estômago. Ela precisa de um transplante, mas a cirurgia custa cerca de R$ 2,4 milhões, por isso uma campanha na internet passou a mobilizar as pessoas para ajudar Sofia.

Famosos viram a campanha e se comoveram com a história da bebê. A cantora Cláudia Leitte, e as atrizes Giovana Antonelli e Grazi Massafera, e até os jogadores de futebol como Robinho e o atacante da seleção brasileira Hulck se emocionaram com a luta de Sofia. Eles compartilharam fotos da menina em uma rede social de fotos, com mensagens positivas, incentivando as pessoas a doarem.

A técnica do programa ‘The Voice’ compartilhou uma imagem de Sofia ainda recém-nascida, respirando com a ajuda de aparelhos e contava sua história. Já o jogador da seleção, incentivou a campanha e escreveu: “Eu fiz minha parte. E você: fez a sua? Vamos lá gente ajudar a #Sofia. Que DEUS abençoe a vida desse anjinho.”

Ao se deparar com tantas manifestações positivas, a mãe da menina, Patrícia de Lacerda, se assustou. Ela contou ao G1 que não imaginava que tanta gente se comoveria com a história. “Nosso objetivo sempre foi conseguir ajuda e nunca ficar famosos. Agora, acredito que muitas pessoas poderão nos ajudar! Através dessas ações vejo a força do povo em ajudar quem precisa. É comovente!”, conta emocionada.

Nesta semana, um médico dos Estados Unidos aceitou assumir a cirurgia da Sofia com o peso atual dela, que é de cerca de 5kg. Inicialmente, a juíza da terceira Vara Federal de Sorocaba, Sylvia Marlene de Castro Figueiredo, determinou por meio de liminar que o transplante da menina fosse realizado no Brasil, mas o Hospital da Clínicas afirmou que não poderia realizar esse procedimento em pacientes com menos de 10 kg.

Mesmo com o desejo do médico, a família ainda terá de pagar pelo procedimento. Dinheiro que os pais afirmam que é incalculável e que precisa da ajuda da Justiça. Segundo o advogado da família, Miguel Navarro, todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas para conseguir a autorização da Justiça para a realização do transplante, já que o caso da menina é grave. “Tudo o que está ao nosso alcance estamos fazendo. Nós queremos salvar a vida da Sofia e fazer com que essa cirurgia aconteça o quanto antes”, explica.

Ainda segundo ele, nos próximos dias o desembargador do Tribunal Regional, Márcio Moraes, deve decidir se o bebê conseguirá ser operado no Brasil ou nos Estados Unidos.

'Ajude a Sofia'


Sofia sofre com a síndrome de Berdon, uma doença rara que provoca problemas no intestino, na bexiga e no estômago. Segundo a mãe, a menina nunca fez necessidades e se alimenta através de uma sonda.

Desde que descobriu a doença, a família está pedindo ajuda financeira para conseguir uma viagem até os Estados Unidos, único país onde há a possibilidade da realização da cirurgia que pode reverter o quadro de saúde da menina.

A campanha foi intitulada como "Ajude a Sofia" e ganhou força nas redes sociais e mais de 100 mil pessoas já curtiram e compartilharam a página. Ela está internada em um hospital de Sorocaba (SP).

G1

Instagram fica fora do ar e usuários reclamam em redes sociais rivais.Veja!

Instagram fica fora do ar e usuários reclamam em redes sociais rivais
Instagram, rede social para compartilhamento de fotos, está fora do ar desde a manhã deste sábado (12). Por volta das 13h, a rede social confirmou o problema por meio de sua conta oficial no Twitter: "Estamos trabalhando na correção deste problema. Agradecemos por sua paciência".  O serviço começou a ser normalizado por volta das 15h, mas muitos usuários ainda reclamavam de instabilidade.
Em seu Twitter, Instagram confirma falha e pede paciência aos usuários (Foto: Reprodução)Em seu Twitter, Instagram confirma falha e pede paciência aos usuários (Foto: Reprodução)

Serviços de monitoramento online, como o Is it down right now? e o Down detector, apontam o erro, que já duraria algumas horas e realmente parece ser mundial. Segundo o site, os usuários não conseguem acessar o Instagram em nenhuma das plataformas - mobile ou desktop. Ao site TNW, o a equipe do Instagram confirmou que a falha seria um "feed delivery issue", ou problema na entrega do feed.

"Não dou mais passagem", diz Massa sobre obedecer equipe.Veja!

"Não dou mais passagem", diz Massa sobre obedecer equipe
O brasileiro Felipe Massa disse em entrevista à revista IstoÉ que não vai mais obedecer ordens para deixar seu companheiro de equipe ultrapassar. O piloto da Williams diz que considerou a ordem para ceder a posição a Valtteri Bottas no GP da Malásia como "sem sentido" e por isso não a aceitou.

"Não havia motivo para deixá-lo passar. Agora, vir para mim uma ordem de equipe na segunda corrida do campeonato, como aconteceu com a Williams? Não há a menor chance de eu abrir passagem, não vou mais abrir passagem", disse Massa.

O brasileiro ainda disse que sua decisão trouxe emoção à Fórmula 1 e citou como exemplo a corrida seguinte, o GP do Bahrein, prova marcada por duelos por posições entre companheiros de equipe, como aconteceu com Nico Rosberg e Lewis Hamilton, da Mercedes, o próprio Massa com Bottas, na Williams, Nico Hulkenberg e Sergio Perez na Force India, e Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo na Red Bull.

"Você percebeu o que aconteceu na última corrida do Bahrein, depois que eu não aceitei a ordem da Williams no GP anterior, na Malásia? Os pilotos da mesma equipe estavam disputando ferozmente entre si. Isso aí, pode ter certeza, é reflexo também de eu não ter aceitado a ordem da equipe", afirmou o brasileiro.

Apesar disso, Massa afirmou que não considera um mau exemplo quando o piloto de uma equipe aceita ordens da direção durante as corridas.

"Você tem de pensar, no final das contas, que uma equipe de Fórmula 1 tem dois pilotos, 900 pessoas trabalhando, que faz dinheiro no campeonato de construtores. Os pontos que o piloto faz significam dinheiro para a equipe. O automobilismo não é só esporte, é business também", disse Massa.

O brasileiro disse que não teve problemas com Bottas por não ter cedido a posição ao finlandês, mas afirmou que está preparado para brigar com o companheiro se for preciso.

"Eu não fiz nada contra o Bottas. Falei para ele que não tinha nada contra ele, que o problema era a ordem da equipe que não era correta. O Bottas não me olha torto, não. Se ele me olhar torto, eu vou olhar torto para ele também. Eu estou preparado para lutar contra ele e contra os outros", disparou.

Massa ainda revelou que correu sem motivação na Ferrari nas duas últimas temporadas e comemorou a saída da escuderia italiana no fim do ano passado.

"Tirei um peso gigante das costas. Estava desmotivado já nos últimos dois anos. Eu queria mudar, não queria ficar. Foram oito anos de equipe como piloto oficial. Sempre fui profissional. Até demais, muitas vezes. Era algo que eu estava precisando. E a Ferrari também. Hoje, quando falo o que penso sobre o carro, o que não está certo e precisa mudar, as coisas mudam de uma hora para a outra".

O piloto da Williams ainda rechaçou a imagem de "azarado" e citou como exemplos a recuperação após o acidente com a mola que atingiu seu capacete em 2009, e a negociação com sua atual equipe, depois de um período de conversas com a Lotus, uma das principais escuderias do ano passado, mas que sofre com problemas e anda nas últimas colocações este ano.

"Se for olhar aquele campeonato em que perdi na última curva, pode-se pensar que eu tive azar. Mas, um cara que chocou a cabeça em uma mola a mais de 300 km/h, sobreviveu ao acidente e voltou a correr, não dá para dizer que é azarado. Eu poderia não estar aqui! E outra coisa: saí da Ferrari, passei a conversar com a Lotus e acabei indo para a Williams. Se tivesse ido para a Lotus, eu estaria andando em último hoje. Não se pode dizer que eu sou azarado, viu?", disse Massa.

Homem é preso por porte ilegal de arma no centro de Itaporanga.Veja!

Uma guarnição da Rotam comandada pelo Sargento Vilar, do 13º Batalhão da Polícia Militar de Itaporanga, conseguiu tirar de circulação, mais uma arma de fogo das mãos de pessoas que não possuem porte legal, na noite deste sábado (12).

De acordo com as informações, a apreensão da arma aconteceu na Avenida Getúlio Vargas por volta das 21h. Um revólver Calibre 38 com cinco munições intactas e uma deflagrada estava em posse de Damião Araújo de Figueiredo, que foi levado até a delegacia de Polícia Civil.

Apesar de o crime ser afiançável, as ações de combate ao armamento ilegal vem inibindo consideravelmente o índice de criminalidade na região.


Fonte: DiamanteOnline

Atleta que levou o nome da Paraíba a competição nacional é rejeitada por políticos da cidade onde mora, no Sertão. Veja!

Um caso vergonhoso vem chamando a atenção dos desportistas de todo o Vale do Piancó, no Sertão da Paraíba. Uma atleta natural de Itaporanga, mas que mora há anos na cidade de Piancó, vem sendo ignorada por políticos locais, e principalmente pelo Poder Executivo da cidade onde mora.

O fato é que durante esta semana, um vereador da Câmara Municipal de Piancó, apresentou um requerimento pedindo ajuda financeira, como incentivo ao esporte, para a jovem Rafaela Wilka que recentemente representou a Paraíba no Campeonato Brasileiro de Luta Olímpica, e na oportunidade conseguiu a medalha de bronze no estilo livre, mas foi fortemente criticado por um líder da base do Prefeito Sales Lima.

(Atleta representou a Paraíba, más é rejeitada)

Segundo a atleta Rafaela, o problema vem acontecendo em decorrência do custeio de suas passagens ao Rio de Janeiro, que foi pago pela Prefeitura de Itaporanga e pouco tempo depois ela teria ido até a sua cidade natal para agradecer a força e o incentivo ao esporte na região.

Rafaela disse que o líder da bancada de situação, o vereador Pádua Leite, teria dito: “Vá pedir ajuda na sua cidade, você não é daqui, vá procurar o seu prefeito” e com isso ela teria ficado muito triste, pois estava sendo ignorada por aqueles que representam a cidade onde escolheu para morar.

O caso vem tomando maiores proporções, após a atleta ter publicado seus sentimentos por meio das redes sociais, aonde os próprios moradores da cidade de Piancó, lhe incentivam a não desistir e buscar apoio em outras searas. “Agradeço de coração aos meus amigos piancoenses, todos me apóiam, com exceção dos que se dizem representantes do município, em especial aos da bancada de situação do Prefeito Sales”, comentou Rafaela.

Em depoimento, o Vereador Jose Luiz (Neguinho), disse que o pronunciamento do seu companheiro Pádua é lamentável. “O Vereador Pádua Leite disse que a Prefeitura de Piancó não ajudaria a atleta porque ela não é atleta Piancoense”, lamentou Neguinho.

Perseverante, Rafaela disse que não iria parar de buscar ajuda financeira para levar o nome da Paraíba para o Brasil. À atleta disse que está dependendo das ajudas para disputar o Campeonato Brasileiro Universitário.


Fonte: DiamanteOnline

De salto alto, policial saca arma e surpreende supostos criminosos no Rio.Veja!

Era a major Fabiana Silva, subcomandante do 22.º Batalhão (Maré), que estava a caminho do trabalho, quando viu um grupo de homens, alguns com pedras nas mãos, logo após a desocupação da Favela da Telerj, erguida em um terreno da Oi, no Engenho Novo. Fabiana desceu do carro e, empunhando uma pistola, impediu a suposta ação.

Em nota, a assessoria da PM informou que a major, que tem 16 anos de corporação, desconfiou que o grupo tentaria atear fogo a outro ônibus.

Os homens fugiram em direção à comunidade do Arará, em Manguinhos.

A cena foi registrada pelo jornal Extra, que passava no local. Depois de conter o grupo, Fabiana orientou policiais militares sobre a posição que eles deveriam tomar.


Fonte: Estadão

Entre janeiro de 2010 e março deste ano, o Estado da Paraíba registrou 7.332 mortes por diabetes. Veja!

A alimentação inadequada rica em massa, gordura e açúcar agiu de maneira silenciosa no organismo do jornalista Jorge Lobato, que há 10 anos enfrenta a diabetes.

A doença do metabolismo da glicose, causada pela falta ou má absorção de insulina, pode trazer consequências graves, inclusive a morte, se não for bem tratada.

Dados do Ministério da Saúde (MS) mostram que 5,3% da população paraibana ou 194.881 pessoas possuem diabetes. Já entre janeiro de 2010 e março deste ano, o Estado registrou 7.332 mortes por diabetes, conforme os dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade na Paraíba.

Hoje com 54 anos de idade, Jorge enfrenta uma série de consequências provocadas pela falta de cuidados com a saúde.

Ele contou que a diabetes foi adquirida pela má alimentação e pelo “pavor” que sentia de uma consulta médica. “Eu era muito ativo, trabalhei durante 23 anos como repórter, era uma pessoa que comia de tudo e muito e não me preocupava com a saúde, até sentir os primeiros sintomas da doença”, contou. Para o jornalista, por ser silenciosa, o organismo recebeu os primeiros sinais da doença quando ela já tinha atingido seu organismo de forma considerável.

“Eu comecei a sentir a boca seca, com sede, comecei a urinar mais e sentia coceira pelo corpo, então fui aconselhado a consultar um médico. O resultado dos exames mostrou que minha glicose estava em 335, quando o normal é entre 90 a 110. Eu pesava 147 quilos na época, hoje estou com 90 quilos”, lembrou. Mas os problemas estavam apenas começando.

Internado durante 19 dias, três dedos dos seus pés tiveram que ser amputados, além dos dois calcanhares e a parte de cima do seu pé direito. “Eu lembro que o médico tentou de tudo para não amputar minhas pernas e conseguiu, mas eu fiquei limitado a uma cadeira de rodas”, frisou.

Outro problema que surgiu como consequência da doença foi a retinoplastia, uma alteração na retina que provoca cegueira.

“Hoje eu não enxergo com o olho esquerdo e o direito tenho entre 30% a 40% de visão, mas na verdade só vejo vultos”, lamentou. Ele fez um alerta e um pedido para a população. “Eu investiguei toda a minha família para saber se essa doença poderia ser genética, mas no meu caso não era. Me alimentei mal e não cuidei da minha saúde. Faço um alerta para que as pessoas pensem na sua saúde, façam pelo menos uma vez ao ano exames de sangue, visitem o médico. Eu tenho consciência das consequências. O que mais quero agora é poder ver a minha neta, de 4 anos de idade, se formando”, disse ele.

TRATAMENTO

O jornalista Jorge Lobato realizava, através do Sistema Único de Saúde (SUS), um tratamento a laser para melhorar a visão, mas desde o ano passado não consegue uma sessão, que custa em média R$ 350. Ele conta que conseguiu fazer oito sessões. Vivendo do auxílio-doença, utilizado especialmente para a compra de medicamentos, ele não tem condições de arcar com mais um tratamento. Atualmente, Lobato precisa tomar medicamentos para outros órgãos que também foram afetados pela doença.

POSTOS DE SAÚDE OFERECEM TRATAMENTO

De acordo com os dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade na Paraíba da Secretaria Estadual de Saúde, foram notificados 7.332 mortes por diabetes, entre janeiro de 2010 e março deste ano. Em 2010 foram 1.718 óbitos; em 2011, 1.921; 2012, 1.730 óbitos; 2013, com 1.747 mortes e; 2014, com 216 óbitos (até março).

Conforme Vanja Raquel Vasconcelos, do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da SES, a principal meta do tratamento do diabetes é controlar os níveis de glicose por isso ele deve ser feito pela Atenção Primária em Saúde. Pela rede pública ele é oferecido nas Estratégias de Saúde da Família, os populares postos do PSF. Na rede particular, o tratamento é realizado por endocrinologistas

De acordo com ela, o Programa Saúde Não Tem Preço promove a ampliação da rede Aqui Tem Farmácia Popular, que disponibiliza medicamentos gratuitos para hipertensão e diabetes nas farmácias credenciadas desde fevereiro de 2011.

As medicações distribuídas através do SUS para o tratamento do diabetes estão na Relação Nacional de Medicamentos: (Renam), a lista que é revista e atualizada a cada dois anos e inclui os medicamentos para cuidados básicos para o controle do Diabetes e da Hipertensão Arterial.

Para quem faz uso de insulina, o Ministério da Saúde financia os tipos NHP e Regular. As complicações do diabetes são tratadas em hospitais públicos ou privados.


Fonte: JP-Online

TJ faz amanhã concurso para cartórios da PB. Veja!

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) realiza amanhã a primeira etapa do 1º concurso público para a Outorga de Delegação de Serviços Notariais e Registrais.

Os candidatos receberão aviso através de endereço eletrônico enviado pelo Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (Ieses), até o final da tarde deste sábado (11), mas, acaso o candidato não receba o mencionado aviso, deverá acessar a página oficial do Ieses, para saber o número da sala em que vai fazer a prova.

O concurso será realizado na Faculdade Maurício de Nassau, localizada na avenida Epitácio Pessoa, nº 1213, Bairro dos Estados, sendo aplicadas as provas no período de 8h às 12h e de 14h às 18h.

Do total de vagas, 186 serão por provimento e 92 por remoção.

O Concurso Público será efetuado mediante aplicação de provas objetiva de seleção, escrita e prática, oral e de títulos, em que serão avaliados os conhecimentos e/ou habilidades técnicas dos candidatos sobre as matérias relacionadas ao cargo de Notário e Oficial de Registro.

De acordo com a Comissão do Concurso do TJPB, das vagas previstas no certame, 5% foram reservadas a pessoas com deficiência.

Fonte: Assessoria

Major Fábio diz que a Paraíba tem déficit de 13 mil policiais civis e militares. Veja!

O deputado federal Major Fábio (PROS) revelou, nesta sexta-feira (11), que a Paraíba tem, atualmente, um déficit de 13 mil policiais, sendo 5 mil na Polícia Civil e 8 mil na Militar.

Com essa deficiência no efetivo, segundo ele, a violência não poderá ser contida e números como os divulgados nessa quinta-feira (10), onde João Pessoa e Campina Grande aparecerem entre as 30 cidades mais violentas do mundo, serão sempre frequentes.

De acordo com os números apontados por Major Fábio, o total de vagas abertas para o concurso da Polícia Militar (600) representa apenas 7,5% do que o estado realmente precisa.

“Falta efetivo. Veja que teve que haver uma audiência de conciliação para que os concursados da Polícia Civil conseguissem a garantia de que serão convocados em junho ainda. Serão convocados 200 e outros 600 ainda vão fazer o curso, ou seja, vão ficar esperando o próximo governo para serem chamados. A Polícia Civil tem hoje um déficit de cinco mil policiais. A Polícia Militar conta hoje com metade do efetivo necessário. Temos 8 mil policiais quando precisaríamos de 16 mil”, afirmou Major Fábio.

Para ele, há um jogo de empurra entre os governantes que prejudica a formação de um efetivo condizente com a realidade paraibana. “Veja, esse concurso da Polícia Civil foi realizado em 2008, no final do governo de Cássio. Aí Cássio saiu e entrou José Maranhão, que ficou 1 no e 10 meses no governo e não convocou os concursados. No final do governo ele homologou o concurso e deixou para Ricardo nomear. Ricardo está no governo há mais de três anos e agora, somente por uma ordem judicial é que esse chamamento vai acontecer, sendo que a maioria ainda não será chamado”, calculou o parlamentar.

Major Fábio disse que a falta de policiais suficientes têm refletido nos profissionais que estão na ativa, que estão sobrecarregados e perdendo até mesmo a saúde. “Nossos policiais estão se cansando. Alguns estão doentes e sequer têm acesso a uma cirurgia. Alguns estão com problemas de joelho e não têm onde fazer uma cirurgia porque não tem médicos. Estou tentando trazer profissionais do Rio de Janeiro para ajudar nisso. Como eles vão correr atrás de bandido assim?”, indagou o legislador.


Fonte: Nice Almeida