Mais de 25 casas estão abandonadas e criam trechos fantasmas no Bairro Jardim Guanabara, em Patos.


Dois moradores da Rua Artemizia Cirilo, localizada no Jardim Guanabara, por trás do antigo prédio da Escola Rosa Mística, estão se sentido isolados, sem segurança e enfrentando problemas de infraestrutura na rua desde que ocorreu o abandono de várias casas pertencentes a família do senhor Chico Crilo (em memória).
A família da senhora Laídes Lavor Lira e a do senhor Marcos Roberto de Sá são os únicos residente no trecho mais crítico da Rua Artemizia Cirilo. A reportagem identificou 16 casas abandonadas no trecho considerado “fantasma”, onde o mato, insetos e destroços estão
Casas dos moradores prejudicados
 dentro das casas e nos arredores. Os moradores pedem que as autoridades e os órgãos da prefeitura tomem as providencias pelo menos para limpar o matagal e fazer reparos nos buracos na rua.
As casas abandonadas estão se transformando em espaços apropriados para consumo de drogas, prática sexual, depredação das estruturas, além de proliferação de vários insetos que invadem as residências nas imediações.   
Também na Rua Luiz Fragoso, onde está localizada o prédio antigo da escola Rosa Mística, 10 casas da mesma família estão abandonadas. As mesmas reclamações dos moradores se 
Casas abandonadas
repetem.
Representantes da Defesa Civil, do Município de Patos, informaram a redação do Patosonline.com que os proprietários dos imóveis abandonados já foram notificados, bem como o Ministério Público Estadual (MPE) sobre o caso. A Defesa Civil disse que os donos devem realizar as restaurações das residências ou providenciar a demolição. Não houve informação se existe um período para que tais providências sejam tomadas.
Os moradores estão pedindo para que a Prefeitura Municipal de Patos, através da Secretaria de Serviços Públicos, faça uma limpeza na rua para recolher o mato e o lixo que se acumula enquanto outras medidas não são realizadas.


Jozivan Antero – Patosonline.com

Paraíba pode perder mais de R$ 24 mi em proposta que altera distribuição do FPM.

A matéria se encontra em tramitação na Câmara Federal (Foto: Ilustração (da Internet))
Uma proposta que muda a distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para prever a destinação de 2% dos recursos para os Municípios de turismo por temporada está em tramitação na Câmara dos Deputados pode fazer com que a Paraíba perca R$ 24.350.258,19.
O texto do então deputado Fernando Jordão (PMDB-RJ), que renunciou ao mandato para assumir a prefeitura de Angra dos Reis (RJ), em janeiro de 2017. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) considera a matéria prejudicial aos Municípios, considerando que reduzirá os repasses como um todo a todos os Entes municipais.
O Projeto de Lei Complementar (PLP) 287/2016 altera a Lei 5.172/1966 do Código Tributário Nacional, que define a forma de rateio do FPM. Atualmente, 10% é transferido para as capitais dos Estados e 90% para os demais Municípios do País.
O autor da proposição propõe que os primeiros passem a receber 9% e as demais cidades, 89%. Os dois pontos percentuais destinados aos Municípios turísticos seriam aportados em uma reserva do FPM e repartidos conforme critérios definidos por lei ordinária e revistos a cada quatro anos.
Jordão defende, no texto, que o projeto objetiva compensar as cidades brasileiras que enfrentam fluxos turísticos concentrados em determinadas épocas do ano, quando os equipamentos públicos, como hospitais, delegacias e rodoviárias, ficam sobre pressão para atender a população extra.
O projeto será analisado nas comissões de Turismo; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, segue para votação no Plenário da Câmara.
Posição CNM
A CNM é contrária à proposta. O impacto da medida pode ultrapassar R$ 772 milhões aos Municípios.
Levantamentos da CNM revelam que mais de 80% dos Municípios são dependentes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o tem como principal receita. Sendo assim, medidas como essa não podem prosperar, especialmente, porque os Municípios vivem um momento de crise financeira provocada, em geral, pelo desiquilíbrio na relação encargos x custeio, em que, cada vez mais, recebem encargos e responsabilidades sem a contrapartida das correspondentes fontes de custeio.
Confira abaixo quanto Municípios de cada Estado deixaria de receber, em detrimento de alguns Municípios beneficiados, caso o projeto vigore:
Acre – R$ 3.876.567,81
Alagoas – R$ 18.466.084,76
Amazonas – R$ 11.887.026,91
Amapá – R$ 3.050.811,91
Bahia – R$ 70.999.263,60
Ceará – R$ 38.791.028,08
Distrito Federal – R$ 1.326.460,48
Espírito Santo – R$ 13.635.002,04
Goiás – R$ 28.219.275,87
Maranhão – R$ 32.202.482,49
Minas Gerais – R$ 101.224.477,09
Mato Grosso do Sul – R$ 11.358.309,54
Mato Grosso – R$ 14.115.021,76
Pará – R$ 27.438.507,80
Paraíba – R$ 24.350.258,19
Pernambuco – R$ 38.356.617,20
Piauí – R$ 20.555.153,81
Paraná – R$ 52.237.487,33
Rio de Janeiro – R$ 22.996.606,85
Rio Grande do Norte – R$ 19.238.759,76
Rondônia – R$ 6.835.592,39
Roraima – R$ 3.883.775,01
Rio Grande do Sul – R$ 52.339.496,40
Santa Catarina – R$ 30.076.428,65
Sergipe – R$ 11.303.630,24
São Paulo – R$ 102.221.717,28
Tocantins – R$ 11.014.156,73

Dois vereadores de oposição anunciam apoio a Perfeita Carmelita de Diamante.

O Vereador presidente do PSB municipal, Manoel Marrocos "Derinho", anunciou na manhã desta quarta-feira (24), sua adesão ao grupo da Prefeita Carmelita de Odoniel, na cidade de Diamante-PB.
Já nesta quinta-feira, quem acompanhou os passos de detinho foi o Vereador Francisco Luiz “Pipi”, anunciando seu apoio a base da Prefeita.
Feliz com o ganho político do seu grupo, Carmelita deu as boas vindas aos seus novos aliados, dizendo que conta com seus respectivos engajamentos no que for necessário para o desenvolvimento do município de Diamante.
"Toda a população diamantense já conhece a postura de Detinho como parlamentar mirim, honesto e íntegro. Seu primeiro mandato foi de muito trabalho voltado à comunidade e tenho certeza que ele irá honrar o seu segundo mandato como sendo um marco em sua vida política, pois daremos total apoio aos peitos por ele apresentado, sabendo ainda mais da sua relevância junto ao Governador do Estado que viabilizará um canal direto entre município e estado", disse a prefeita.
Sobre Pipi, Carmelita disse que sabe dos relevantes trabalhos realizados em prol do homem do campo e do seu assistencialismo com a comunidade no geral.
O
O Vereador presidente do PSB municipal, Manoel Marrocos "Derinho", anunciou na manhã desta quarta-feira (24), sua adesão ao grupo da Prefeita Carmelita de Odoniel, na cidade de Diamante-PB.
Já nesta quinta-feira, quem acompanhou os passos de detinho foi o Vereador Francisco Luiz “Pipi”, anunciando seu apoio a base da Prefeita.
Feliz com o ganho político do seu grupo, Carmelita deu as boas vindas aos seus novos aliados, dizendo que conta com seus respectivos engajamentos no que for necessário para o desenvolvimento do município de Diamante.
"Toda a população diamantense já conhece a postura de Detinho como parlamentar mirim, honesto e íntegro. Seu primeiro mandato foi de muito trabalho voltado à comunidade e tenho certeza que ele irá honrar o seu segundo mandato como sendo um marco em sua vida política, pois daremos total apoio aos peitos por ele apresentado, sabendo ainda mais da sua relevância junto ao Governador do Estado que viabilizará um canal direto entre município e estado", disse a prefeita.
Sobre Pipi, Carmelita disse que sabe dos relevantes trabalhos realizados em prol do homem do campo e do seu assistencialismo com a comunidade no geral.
O anuncio das adesões caíram como uma bomba no páreo político de Diamante.
Ainda ontem, o Vereador Adriano Santos anunciou seu rompimento com a prefeita, porém sua linha política é entendida pela população como sendo independente, pelo fato dos seus atos serem unilaterais em tudo aquilo que tem feito.
Carmelita passa a ter maioria na Câmara Municipal.
Mesmo diante de tanta dificuldade encontrada no município, a prefeita tem feito uma administração voltada aos interesses da comunidade e vem ganhando a admiração de muitos.
Ainda ontem, o Vereador Adriano Santos anunciou seu rompimento com a prefeita, porém sua linha política é entendida pela população como sendo independente, pelo fato dos seus atos serem unilaterais em tudo aquilo que tem feito.
Carmelita passa a ter maioria na Câmara Municipal.
Mesmo diante de tanta dificuldade encontrada no município, a prefeita tem feito uma administração voltada aos interesses da comunidade e vem ganhando a admiração de muitos.
Fonte Diamante Online

Dono Da JBS Gravou Temer Dando Aval Para Comprar Silêncio De Cunha, Diz Jornal.




Os donos da JBS disseram em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) que gravaram o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), depois que ele foi preso na operação Lava Jato. A informação é do colunista do jornal "O Globo" Lauro Jardim.
Segundo o jornal, o empresário Joesley Batista entregou uma gravação feita em março deste ano em que Temer indica o deputado Rodrigo Rocha Lourdes (PMDB-PR) para resolver assuntos da J&F, uma holding que controla a JBS. Posteriormente, Rocha Lourdes foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil, enviados por Joesley.
Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha, diz O Globo
Em outra gravação, também de março, o empresário diz a Temer que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada para que permanecessem calados na prisão. Diante dessa informação, Temer diz, na gravação: "tem que manter isso, viu?"
Na delação de Joesley, o senador Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, é gravado pedindo ao empresário R$ 2 milhões. A entrega do dinheiro a um primo de Aécio foi filmada pela Polícia Federal (PF). A PF rastreou o caminho do dinheiro e descobriu que foi depositado numa empresa do senador Zeze Perrella (PSDB-MG).
Nem Temer nem Aécio se manifestaram ainda sobre a declaração.
Segundo o jornal, em duas ocasiões em março deste ano Joesley conversou com Temer e com Aécio levando um gravador escondido.
O colunista conta que os irmãos Joesley e Wesley Batista estiveram na quarta-feira passada no Supremo Tribunal Federal (STF) no gabinete do ministro relator da Lava Jato, Edson Fachin – responsável por homologar a delação dos empresários. Diante dele, os empresários teriam confirmado que tudo o que contaram à PGR em abril foi de livre e espontânea vontade.


Joesley contou ainda que seu contato no PT era Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda de Lula e Dilma Rousseff. Segundo "O Globo", o empresário contou que era com Mantega que o dinheiro da propina era negociado para ser distribuído aos petistas e aliados, e também era o ex-ministro que operava os interesses da JBS no BNDES.

Depoimento de Lula: manifestantes começam a chegar a Curitiba.

Mais cedo, os manifestantes fizeram um ato simbólico às margens do Km 108, 
da BR-277 (Foto: Reprodução/Google)
Cerca de 500 pessoas ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) começaram a chegar a Curitiba, em mais de 20 ônibus, para acompanhar o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, previsto para amanhã (10), na Justiça Federal.
O depoimento será dado tomado pelo juiz Sérgio Morro, no processo em que o ex-presidente é acusado de receber propina da empreiteira OAS por meio das reformas de um apartamento triplex no Guarujá, litoral de São Paulo, e de um sítio em Atibaia, no interior do estado. A defesa do ex-presidente nega que ele seja dono dos imóveis.
A defesa de Lula protocolou ontem (8) um pedido de habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, para pedir a suspensão do processo em que ele é acusado de receber vantagens indevidas da construtora OAS. A defesa alega que não teve tempo hábil de analisar documentos que foram juntados ao processo entre os dias 28 de abril e 2 de maio por meio digital.
Ato simbólico
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os ônibus que trazem os sem-terra estão sendo escoltados para garantir a segurança dos manifestantes e permitir a melhor fluidez do trânsito. O destino é uma área reservada nas proximidades da Rodoferroviária, na região central da capital paranaense.
Mais cedo, os manifestantes fizeram um ato simbólico às margens do Km 108, da BR-277.  No local, existe um monumento em homenagem ao agricultor Antônio Tavares Pereira, morto em maio de 2000, quando se dirigia a Curitiba junto com integrantes do MST para uma manifestação pelo Dia do Trabalho.
Esquema de segurança
esquema especial de segurança foi montado pelo governo do Paraná para evitar confrontos entre manifestantes e outras intercorrências, prevê bloqueio em um raio de 150 metros em torno do prédio, e apenas jornalistas credenciados e moradores da região poderão passar pelos policiais. A Polícia Militar (PM) do estado vai cuidar da segurança nas ruas ao redor do prédio da Justiça Federal, que será monitorado pela Polícia Federal.
Os grupos favoráveis e contra o ex-presidente ficarão em pontos distintos da cidade. De acordo com o secretário estadual de Segurança, Wagner Mesquita, simpatizantes de Lula vão ficar na Rua XV de Novembro, e os que são contra, no Centro Cívico.
A diretoria do Foro suspendeu os prazos processuais e o atendimento ao público no dia do interrogatório. Além disso, segundo decisão da diretora do Foro, a juíza federal Gisele Lemke, só poderão entrar no Edifício Manoel de Oliveira Franco Sobrinho (sede Cabral) as pessoas envolvidas com a realização e apoio da audiência, devidamente autorizadas pela Direção do Foro.
Restrições aos protestos
Nesta segunda-feira, o juiz Eneias de Souza Ferreira, da Justiça do Paraná, no município de Campo Largo, concedeu liminar em ação da concessionária Rodonorte, que administra a via, proibindo o bloqueio da rodovia sob pena de multa de R$ 500 mil contra os responsáveis.
Também está proibida até as 23h de amanhã (10) a montagem de estruturas e acampamentos nas ruas e praças da cidade de Curitiba, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. A decisão é da juíza Diele Denardin Zydek, da 5ª Vara da Fazenda Pública da Região Metropolitana, que acatou pedido de liminar em ação movida pela prefeitura da capital paranaense. Apesar da proibição, a magistrada diz no documento que considera salutar que a prefeitura negocie com os movimentos sociais soluções que garantam o direito de manifestação.

Produção industrial cai na maioria das regiões pesquisadas pelo IBGE.


Resultado de imagem para produção industrial
Dados divulgados hoje (9), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativos à Pesquisa Industrial Mensal Produção Física Regional (PIM-PF), detalhando o comportamento do setor por regiões, indicam que a retração a nível nacional foi puxada por Santa Catarina, onde a queda de 4% na comparação de fevereiro para março (série com ajuste sazonal) interrompeu quatro meses consecutivos de taxas positivas, quando o estado teve crescimento de 7%.
Logo em seguida, vem o Ceará com retração de 3,1%; Paraná (-2,9%); Minas Gerais (-2,8%) e Pará (-2,7%). Em todos eles, as quedas foram mais intensas do que a média nacional de 1,8% detectada em março pelo IBGE.
Ainda com resultados negativos, mas de magnitude inferior à média nacional de março, aparecem São Paulo (-1,7%), Rio Grande do Sul (-1,2%) e Espírito Santo (-0,7%). Em Pernambuco, o resultado ficou estagnado (0,0%) repetindo fevereiro.
Com resultado positivo no parque fabril aparece o Amazonas, que, ao crescer de fevereiro para março 5,7%, apontou o resultado positivo mais acentuado do mês, eliminando o recuo de 2,5% observado no mês anterior; assim como a Bahia (2%), Rio de Janeiro (0,7%), Goiás (0,5%) e Região Nordeste que cresceu 0,1%.
Acumulado
Já o 0,6% relativo ao crescimento acumulado pela indústria brasileira no primeiro trimestre do ano mostra expansão em 12 dos 15 locais pesquisados frente a igual período de 2016.
O resultado tem como destaque os avanços em Goiás, onde a indústria cresceu nos três primeiros meses do ano 6,6%; Santa Catarina (5,2%), Rio de Janeiro (4,8%), Paraná (4,6%), Pernambuco (4,2%), Espírito Santo (4%) e Minas Gerais (3,6%).
Embora com expansões de menor expressão, completam as 12 regiões com crescimento o Rio Grande do Sul ( 1,9%); Amazonas (1,3%), Pará (0,6%), Mato Grosso (0,4%) e São Paulo (0,1%), estes dois últimos com crescimento inferior à média nacional de 0,6%.
Entre as três regiões onde houve queda na produção trimestral da indústria, o destaque negativo ficou com a Bahia (- 8,3%), pressionada pelo comportamento negativo dos setores de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis. Os demais resultados negativos ficaram com a Região Nordeste (-2,5%). O Ceará teve queda de 2,2%.
Segundo o IBGE, nos locais onde houve crescimento da produção no primeiro trimestre o maior dinamismo foi influenciado por fatores relacionados à expansão na fabricação de bens de capital (em especial, os voltados para o setor agrícola e para a construção); de bens intermediários (minérios de ferro, petróleo, celulose, siderurgia, autopeças e derivados da extração da soja); e outros.
Março tem crescimento em oito locais
A Pesquisa Industrial Mensal Produção Física Regional, ao comparar março com março de 2016, indica crescimento em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE.
O crescimento a nível nacional de 1,1% aponta como destaques Goiás (expansão de 8% no parque fabril), e Rio Grande do Sul (7,4%.
Rio de Janeiro (6,1%), Santa Catarina (5,9%) e Paraná (4,9%) também tiveram crescimento bem superior à média nacional. O Espírito Santo fechou com incremento de 2,4%. Embora com crescimento abaixo da média nacional, São Paulo avançou 0,9%.
Amazonas (-7,3%) acusou o recuo mais acentuado em março de 2017, pressionado, segundo o IBGE, pelo comportamento negativo de setores de bebidas (preparações em pó para elaboração de bebidas), entre outros. Os demais resultados negativos ocorreram na Bahia (-4,3%), Ceará (-3,8%), Pará (-2,6%), Região Nordeste (-2,5%), Pernambuco (-0,8%) e Mato Grosso (-0,3%).

Assembleia aprova projeto que garante reparação de danos nas escolas estaduais.

Assembléia Legislativa da Paraíba (Foto: Walla Santos)
A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (9), o projeto de Lei 1.058/2016 de autoria do deputado Tovar Correia Lima (PSDB) que garante reparação de danos nas escolas estaduais. A propositura torna obrigatório a implementação de medidas com fins educativos, com penalidade posterior a advertência verbal ou escrita, para reparar danos causados ao ambiente das escolas estaduais.
Segundo Tovar, a aplicação de atividades com fins educativos deverá ocorrer mediante a prática de preservação ambiental, a reparação de danos ou a realização de atividades extracurriculares, por meio do registro da ocorrência escolar com lavratura de termo de compromisso, com a presença e a anuência dos pais ou responsável legal.
De acordo com o projeto, a aplicação das medidas deve ser exercida e acompanhada pelos gestores escolares. Caberá aos pais ou responsáveis reparar o eventual estrago causado à unidade escolar ou aos objetos dos colegas, professores e servidores públicos.
O projeto diz ainda que na aplicação das penalidades serão consideradas a natureza e a gravidade da infração cometida, além dos danos que dela provierem, tanto em relação ao patrimônio público ou particular quanto à integridade física dos colegas, professores e servidores.
Outro ponto destacado pelo deputado é que fica estabelecido que os pais ou responsáveis que não matricularem, acompanharem a frequência e o desempenho escolar de seus filhos ou que não atenderem à convocação do gestor escolar, para comparecimento à escola, terão suspensos todos os benefícios sociais.

Ricardo assina ordem de abertura de licitação da adutora TransParaíba.

Ricardo Coutinho, governador da Paraíba (Foto: Walla Santos)
O governador Ricardo Coutinho assina, nesta quarta-feira (10), a ordem de abertura da licitação do Sistema Adutor TransParaíba, que vai atender as populações de 19 municípios paraibanos, garantindo a segurança hídrica para mais de 140 mil moradores das regiões do Curimataú e do Agreste paraibano que sofrem há décadas com a escassez d’água. A obra faz parte do programa Mais Trabalho e prevê investimentos da ordem de R$ 220 milhões.
Para isso, Ricardo Coutinho realizará a Caravana Curimataú, que vai percorrer seis dos 19 municípios beneficiados pela adutora TransParaíba: Soledade, São Vicente do Seridó, Cubati, Pedra Lavrada, Nova Palmeira e Picuí. Em alguns destes municípios, também serão assinadas ordem de serviço para construção de barragens.
O sistema adutor Curimataú corresponde ao Segmento II da Transparaíba. Esse segmento apresenta uma extensão de mais de 350 km, com diâmetro variando entre 150 mm a 600 mm, uma estação de tratamento que irá trazer água de qualidade a população com capacidade de tratar mais de 544 l/s, e ainda, serão construídas 21 estações de bombeamento, beneficiando em final de plano 148.000 mil habitantes em 19 municípios.
Segundo o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia “A Transparaíba – Sistema Adutor Curimataú, é uma das grandes obras complementares ao projeto de Integração do São Francisco e será de extrema importância para garantir a segurança hídrica para as regiões do Curimataú e Agreste paraibano. Outra grande obra é o Canal Acauã/Araçagi, localizado no eixo Norte do Estado, que deverá ser entregue, a primeira etapa, no próximo semestre pelo Governador Ricardo Coutinho. Com tudo isso, a Paraíba será o Estado que terá a melhor distribuição das águas do São Francisco”, afirmou.
O secretário ainda acrescentou a importância das obras hídricas para o desenvolvimento econômico dos municípios. “Para uma indústria se instalar em um município, ela necessita de segurança hídrica. Quantas vezes nós ouvimos casos de empresas que não se instalaram em um determinado município porque não tinha a garantia de água. Se foi resolvida a questão da logistitica com o transporte, através do programa Caminhos da Paraíba, agora chegou a vez da gente atingir a tão sonhada segurança hídrica e essa possibilidade só vai acontecer através de grandes obras como estas”, acrescentou.    
Até 2050 as cidades das regiões da Borborema e Agreste terão garantia hídrica. O sistema Curimataú tem captação no Açude Epitácio Pessoa – Boqueirão de onde se desenvolve margeando estradas vicinais até a cidade de Boa vista. Logo o eixo adutor segue em direção até a cidade de Soledade. Desta localidade segue em direção sul do Estado margeando as PB-177, PB-187 e no segmento final pela BR-104, atendendo a população das cidades de Boa Vista, Boqueirão, Soledade, Juazeirinho, São Vicente do Seridó, Olivedos, Cubati, Pedra Lavrada, Nova Palmeira, Sôssego, Baraúna, Picuí, Frei Martinho, Cuité, Nova Floresta, Barra de Santa Rosa, Damião, Cacimba de Dentro e Araruna. A obra está orçada em torno de 350 milhões de reais garantindo sustentabilidade hídrica a uma região tão carente desse bem.
Barragens – Durante a Caravana Curimataú, o governador Ricardo Coutinho vai assinar ordens de serviço para a construção das barragens Porcos (Pedra Lavrada) e Cacimbinha (São Vicente do Seridó). Os investimentos nos equipamentos ultrapassam R$10 milhões. As barragens também fazem parte do Programa Mais Trabalho, no qual serão investidos mais de meio bilhão de reais em obras que visam a melhoria da qualidade de vida do paraibano.
A cidade de Pedra Lavrada, localizada no Seridó Ocidental, sofre atualmente com a escassez de água. O abastecimento da zona urbana do município se dá através da adutora do Cariri com captação das águas no açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que se encontra no momento com baixo nível de acumulação, em torno de 5%. Por outro lado, a zona rural sofre em maior intensidade por não ter um manancial nas suas proximidades. Diante das circunstâncias, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, decidiu construir a barragem Porcos, que irá beneficiar toda a população de Pedra Lavrada, que compreende 7, 035 habitantes, gerando assim, mais um reforço no abastecimento.  A barragem Porcos receberá investimentos na ordem R$ 4.673.585,01 e terá capacidade de acumulação de 5.657.625 m ³.
Outra barragem que terá sua ordem de serviço assinada nesta quarta-feira (10) será a de Cacimbinha, localizada no município de São Vicente do Seridó que possui uma população de 10.994 habitantes. O equipamento terá capacidade de acumulação 1.002.650 m³ e receberá investimentos no valor de R$3.346.494,99. O município sofre com escassez de água sendo abastecido também pela adutora do Cariri.

Irmãs de 5 e 6 anos morrem afogadas em açude na cidade de Itaporanga.

Imagem ilustrativa
De acordo com as informações colhidas pelo Portal DiamanteOnline, duas irmãs Maria de Lurdes Lima da Silva de 5 anos e Ana Cristina Lima da Silva de 7 anos de idade, morreram afogadas em um pequeno lago, no sítio Riachão, município de Itaporanga, distante 2 quilômetros do centro da cidade.
Segundo um pedreiro que estava em uma obra nas proximidades, as crianças desceram sozinhas para o lago e ao sentir a faltas delas, a mãe correu para o local e logo se deparou com a tragédia.
“Foi à própria mãe que realizou o resgate dos corpos. Ela ainda tentou reanimá-la mais as crianças já estavam sem vida. Ficou em choque”, comenta o pedreiro.
Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi até o local, mais não pode fazer nada.
O fato foi registrado por volta das 8h40min desta terça-feira (09), próximo do Aterro Sanitário ItaResiduê, na pista que liga Itaporanga a Pedra Branca.
O Major Hélder Ribeiro tomou conhecimento do fato e lamentou a morte precoce das crianças.
Os corpos estão em cima de uma cama na casa da mãe das criancas e aguardam a chegada da perícia.
Mais detalhes ainda nesta edição.   
Fonte Diamante Online

Aesa prevê chuvas localizadas para o Alto Sertão esta terça-feira.

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) prevê, nesta terça-feira (9), tempo com muitas nuvens e chuvas para o setor leste do estado – Agreste, Brejo e Litoral.
Já para a região do Semiárido, que engloba as regiões do Cariri-Curimataú, Alto Sertão e Sertão, a previsão é de chuvas localizadas com nebulosidade variável.
Na faixa litorânea, a temperatura máxima deverá chegar aos 30º C e a mínima, aos 24º C. Confira a temperatura para as demais regiões do Estado nesta terça-feira:
Agreste – máxima de 30º C e mínima de 20º C
Brejo – máxima de 28º C e mínima de 19º C
Cariri-Curimataú – máxima de 33º C e mínima de 19º C
Alto Sertão – máxima de 34º C e mínima de 22º C
Sertão – máxima de 35º C e mínima de 22º C
Fonte Assessoria