Polícia apreende veículo desaparecido durante blitz da Lei Seca.Veja!

Polícia apreende veículo desaparecido durante blitz da Lei Seca
A Polícia Militar apreendeu, na tarde da segunda-feira (27), um veículo Fiat Uno, de placas NQG-7035, que estava desaparecido desde a madrugada do domingo, em João Pessoa. A ação foi realizada por agentes do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), durante uma blitz da Operação Lei Seca, realizada no bairro do Cabo Branco, em João Pessoa.
De acordo com o coordenador da operação, cabo Adeilson Sales do BPTran, cinco pessoas estavam no veículo no momento da apreensão, entre eles um menor. "Nós percebemos uma movimentação suspeita e durante a abordagem conseguimos identificar através do nosso sistema, que o veículo estava desaparecido desde o domingo. Chegando na delegacia de Roubos e Furtos de veículos identificamos que um dos cinco homens que estava no carro já responde em liberdade a um processo de porte ilegal de arma e ainda é suspeito de participação em um homicídio. Por isso eles permaneceram na delegacia para prestar esclarecimentos ao delegado Norival Gomes", destacou o policial.
Segundo as informações colhidas durante as investigações, o automóvel teria sido repassado para um dos homens pelo próprio filho da proprietária do carro.
Durante a fiscalização ainda foram realizados 208 testes de etilômetro e 7 pessoas foram flagradas dirigindo sob efeito de álcool. Apenas em 2014, foram realizados 7.192 testes, com 288 flagrantes. 22 motoristas foram presos por estarem dirigindo sob o efeito de álcool.
Caso o condutor realize o teste e seja detectado o volume entre 0,05 e 0,33 miligramas de álcool por litro de ar exalado, ele responderá a processo administrativo, o mesmo caso de quem se recusar a realizar o exame. Mas se o resultado for superior a 0,34mg/l o condutor é encaminhado para a delegacia, para ser lavrado a prisão em flagrante e uma fiança é estipulada para a soltura. Mesmo que não queira fazer o teste do bafômetro, e os agentes perceberem sinais de embriaguez no condutor, ele passará pelo mesmo do flagrante por consumo superior a 0,34mg/l.

Comentários
0 Comentários