Dois ex-prefeitos e um gestor são multados em R$ 119 mil por irregularidades, no Sertão; Câmara Municipal de Curral Velho teve contas aprovadas. Veja!

O Tribunal de Contas da Paraíba, em sessão plenária nesta quarta-feira (13), recusou a prestação de contas do ex-prefeito de Princesa Isabel, do ano de 2011 e também a do ex-prefeito de Carrapateira, sendo este do ano de 2012.

Os processos constantes da pauta desta sessão indicaram movimentação de recursos da ordem de R$ 175.084.967,51.

O ex-prefeito de Princesa Isabel, Tiago Pereira de Sousa Soares, terá que devolver aos cofres públicos R$ 831.412,88 e pagar uma multa pessoal de R$ 83 mil, por conta de irregularidades decorrentes, sobretudo, de saldo bancário não comprovado e da contabilização de gastos não documentalmente demonstrados com a folha de pagamento e o INSS.

Ainda cabe recurso da decisão tomada com base em proposta do conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo, relator do processo.

Já o ex-prefeito de Carrapateira, José Ardison Pereira, teve as contas reprovadas por aplicações insuficientes em ações de saúde pública e remuneração excessiva. O ex-prefeito terá que pagar multa de R$ 24 mil. O atual vice-prefeito do município, José Luciano Ferreira, também foi multado em R$ 12 mil. O processo teve a relatoria do conselheiro Arnóbio Viana e decisão da qual ainda cabe recurso.

Também seguiram reprovadas as contas do ex-prefeito de Juarez Távora, no ano de 2009, por conta de gastos excessivos com pessoal e despesas sem licitação.

O Tribunal de Contas aprovou na mesma sessão as contas de 2008 do ex-prefeito do Conde, Aluísio Vinagre Régis, as contas de 2012 das Câmaras Municipais de Solânea e Curral Velho e do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor (Ipep).


Fonte: Portal Correio

Comentários
0 Comentários