Emenda Constitucional pode permitir que Agentes de Trânsito usem arma de fogo em serviço no Brasil.Veja!

Uma modificação na Constituição Federal abre uma lacuna na lei e pode permitir que agentes de trânsito possam portar arma de fogo no país. A Emenda Constitucional 82 acrescenta ao artigo 144 um item que garante aos agentes o domínio sobre a segurança no trânsito.
A emenda foi proposta para atender uma reivindicação do Sindicato dos Agentes de Trânsito da Paraíba, mas segundo o presidente do órgão, Antônio Coelho, a medida vale para todo o território nacional. A emenda esclarece ainda que a segurança viária compreende educação, engenharia e fiscalização de trânsito para assegurar à população melhor mobilidade urbana.
Para Antônio Coelho, os agentes já deveriam andar armados, já que em uma abordagem o profissional não sabe qual vai ser a reação do condutor. Ele explica que o porte de arma serve para dar mais segurança ao agente de trânsito.
O presidente da Comissão de Trânsito da Ordem dos Advogados do Brasil no Estado do Paraná (OAB-PR), Marcelo Araújo, discorda dos argumentos e esclarece que a função do Agente de Trânsito é administrativa. Ele esclarece que esses profissionais não devem ser inseridos no âmbito da segurança pública de um modo geral, já que não têm um caráter policial preventivo e ostensivo.
A discussão já é uma das mais comentadas em diversas cidades do Brasil, pois a possibilidade é real e passou por algumas comissões após debates acalorados em órgãos de representação nacional.

BandNews
Edição: Jozivan Antero – Patosonline.com

Comentários
0 Comentários