Homem assassinado no Hospital Regional de Patos havia causado terror em Teixeira.Veja!

Seis elementos ainda não identificados pela polícia invadiram a Ala Vermelha do Hospital Regional e mataram a tiros um rapaz identificado como sendo, Wellington de Araújo Barros, apelido "Da Lua", 33 anos, que era ex-presidiário.

Segundo as primeiras informações repassadas a nossa redação, os seis elementos estavam usando capacetes, chegaram ao Hospital em três motocicletas e por volta das 3:00h da madrugada deste sábado, dia 9 de agosto, fortemente armados, renderam o porteiro e fizeram com que ele mostrasse onde ficava a Ala Vermelha. Quando encontraram o desafeto foram logo atirando em série. Pacientes entraram em pânico na hora da violência, mas ninguém saiu ferido.

Segundo levantamento feito pela polícia, Da Lua havia supostamente atentado contra a vida de uma jovem (não identificada) na cidade de Teixeira e seria acusado de ter atirado na mulher. Na fuga, em alta velocidade com a moto em que pilotava, perdeu o controle e caiu. Ele amputou uma perna e quebrou um dos braços. Seria encaminhado ainda na noite desta sexta-feira (horário de sua entrada no HRP) a UTI, porém como não havia vaga ficou sendo assistido na área vermelha. Pela madrugada os homens invadiram o Hospital e mataram, praticamente a queima roupa o acusado.

A moça foi trazida para Patos, mas foi encaminhada a Campina Grande. Pelas informações recebeu alta e não corre risco de morte. Ela teria ficado com uma bala alojada na coluna e não está descartada a possibilidade de ficar paraplégica.

Depois de praticarem o crime, os três retornaram as motos que os esperavam com outros comparsas do lado de fora e fugiram em alta velocidade com destino até o momento ignorado.

Fonte Portalpatos
Edição: Jozivan Antero

Comentários
0 Comentários