Justiça suspende veiculação de mais duas pesquisas de intenção de voto na PB; agora já são cinco barradas. Veja!

A Juíza Niliane Meira, do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba acatou um novo pedido de liminar interposto pelo candidato a deputado Leandro Wagner, do PPL, e decidiu impugnar mais duas pesquisas de intenção de votos registradas nos últimos dias perante á justiça eleitoral do Estado.

Foram alvos do pedido de impugnação duas pesquisas do Instituto Souza Lopes registradas no Tribunal Regional Eleitoral sob números 07/2014 e 10/2014.

A liminar foi concedida ontem, no dia do debate, às 21 horas. O advogado responsável é Franscisco Ferreira. 

Os argumentos usados pelo advogado foram várias irregularidades no registro das pesquisas que deveria ter informado, após sete dias do registro inicial, os dados dos municípios e bairros onde foram coletadas as informações de intenções de voto.

"Mais uma vez, o Instituto Souza Lopes , assim como também incorreu o IPESP na ultima pesquisa divulgada e suspensa pela justiça, não respeitaram a lei eleitoral. Ora , como confiar nos dados de uma pesquisa onde a empresa pesquisadora não traz a conhecimento da justiça eleitoral os dados obrigatórios para conferência da veracidade e autenticidade das informações ? Como confiar nos números de uma pesquisa que tem sete dias para trazer esses dados e passa meses sem apresentar ? Durante esse tempo todo, pode haver qualquer manipulação nos questionários e consequentemente nos dados e números para divulgação . Por isso a resolução 23.400 do TSE exige o tempo de no máximo sete dias para apresentação desses dados internos", concluiu o advogado.

Agora ao todo, já são cinco pesquisas suspensas pela justiça eleitoral por irregularidades e descumprimento da lei. Dessas cinco, quatro foram realizadas pela Souza Lopes encomendada pelo Sistema Correio e uma pelo IPESP, encomendada pelo Jornal da Paraíba, com sede em Campina Grande.


Fonte: PBAgora

Comentários
0 Comentários