Suspeito de matar PM da Paraíba é preso ao fazer passeio de barco no RN.Veja!

Policiais militares do Rio Grande do Grande prenderam no início da tarde deste domingo (3) um dos suspeitos de participação no assassinato do PM da Paraíba Jenilson da Silva Teixeira, morto com um tiro na cabeça durante um assalto ocorrido no dia 24 de julho na cidade de Macaíba, na Grande Natal.

Lindomar Cruz da Silva, de 24 anos, foi detido no trapiche da Praia de Pirangi, momento em que tentava embarcar para um passeio pelo litoral Sul potiguar.

(PM foi morto a tiros)

Segundo o capitão Givanildo Gomes, do 3º Batalhão da PM, a arma do policial paraibano foi encontrada na casa de Lindomar.

“Depois que o prendemos, fomos até a casa dele e fizemos uma revista no imóvel, onde encontramos uma pistola calibre 380 que pertencia a Jenilson”, afirmou.

Ainda de acordo com o capitão, Lindomar nega ter participação no crime e disse que recebeu a arma de uma pessoa cujo nome ele se negou a revelar. “Ele nega, mas temos certeza que foi ele quem atirou no PM”, disse Givanildo.

Lindomar é a segunda pessoa presa suspeita de participar do homicídio. No dia 31 de julho, um homem foi detido durante uma operação de combate ao tráfico de drogas na Praia da Pipa, uma das mais badaladas do litoral potiguar, e também foi apontado como envolvido no crime.

O crime
O soldado Jenilson da Silva Teixeira foi vítima de um assalto na tarde do dia 24 de julho na comunidade Pé do Galo, na zona rural do município de Macaíba, região Metropolitana de Natal. Quatro homens o abordaram e exigiram as chaves do carro e dinheiro.

"Quando pegaram a carteira dele e viram o documento de identidade da Polícia Militar, atiraram na cabeça dele", afirmou o coronel Josimar de Lima, comandante da PM em Macaíba.

Em seguida, os criminosos roubaram uma moto e outro carro, abandonando o veículo que pertencia ao PM.


Fonte: G1

Comentários
0 Comentários