Paraíba é o quarto Estado com maior índice de afastamento de trabalhadores por uso de cocaína.Veja!

PB é o 4º Estado com maior índice de afastamento do emprego por uso de cocaína
De acordo com dados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a Paraíba é quarto Estado brasileiro da região Norte e Nordeste com maior número de auxílios-doença por dependência química.
Os dados mostram que, de 2009 a 2013, houve uma explosão no consumo de cocaína no país e dos índices de afastamento de trabalhadores, principalmente, no Amapá, Pernambuco, Goiás, Paraíba, Distrito Federal, Pará, Ceará e Mato Grosso, respectivamente.  
O número de auxílios-doença por alcoolismo ou dependência química cresceu mais de 50% nesses estados. São casos por uso de álcool, cocaína e seus derivados, como crack e merla, e pela mistura de drogas.
Na Paraíba, foram registrados em 2011, 557 afastamentos permanentes e provisórios. Em 2012, o número aumentou para 676 casos e em 2013 para 787 notificações que envolvem pedidos de auxílio-doença causadas por doenças relacionadas ao uso de drogas.
No Brasil, o afastamento pelo uso da cocaína cresceu 84,6% no país. Nesses últimos cinco anos, o governo federal gastou mais de R$ 206 milhões com auxílios-doença para viciados.
O auxílio-doença é concedido a trabalhadores segurados pelo INSS, que não perdem o emprego ao se ausentar. Para pedir o benefício, é preciso comprovar por meio de perícia médica a impossibilidade de exercer a função em razão do uso de drogas.
O valor recebido depende do salário e vai de R$ 724 a R$ 4.390,24. Uma vez que o benefício é dado, não há prazo máximo para o encerramento de sua utilização.

Comentários
0 Comentários