Após morte de garoto, Polícia Militar de São Bento pede reforço ao Batalhão de Patos.

As autoridades da cidade de São Bento (PB), estão preocupadas com o clima tenso que está na cidade desde a morte do adolescente, Roosevelt Linhares, morto com um tiro nas costas provocado, supostamente por um PM na noite do último dia 7 de agosto naquela cidade.

Segundo especulações o jovem estava em companhia de um amigo em uma Moto Honda Broz e teria furado um cerco policial.

Na perseguição, a polícia alega suposta troca de tiros e no revide o jovem acabou sendo atingido pelas costas e morrido na hora.

Policiais da região de São bento pediu reforço ao 3º Batalhão aqui de Patos que provavelmente enviará homens e viaturas aquela cidade para dar mais segurança a população. 

No final da tarde deste sábado (08), centenas de moradores São Bento (PB), saíram em protesto pelas principais ruas e avenidas cidade.

O ato contou com pessoas de todas as faixas etárias, que protestaram contra a referida perseguição policial que cuminou com a morte de Roosevelt Linhares naquela noite.

O protesto foi marcado por pedidos de justiça e com palavras de ordem pelas dezenas de pessoas que foram as ruas da cidade.

Os manifestantes calculam que aproximadamente mil pessoas tenham participado do ato de repúdio a violência. A Polícia Militar acompanhou de longe a manifestação. Porém, na tarde desta segunda-feira (10) os policias da terra das redes entraram urgentemente em contato com o comando do 3º Batalhão em Patos pedindo reforço.


Patosmetropole

Comentários
0 Comentários