Procon-Patos autua banco por desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor.


O Órgão Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor PROCON-PATOS, realizou a averiguação de diversas denúncias da população, as quais afirmavam que uma instituição financeira não estaria disponibilizando dinheiro nos caixas eletrônicos para saque, na manhã desta segunda-feira, 03 de agosto.

Segundo a secretária do PROCON-PATOS, Edjane Araújo, uma equipe de fiscalização saiu em diligência até a agência do Banco do Brasil, onde foi constatada a falta de dinheiro nos caixas eletrônicos, ocasionando a autuação, por deixar de prestar um serviço essencial a população.

“Recebemos várias reclamações de consumidores que se encontram no Banco do Brasil e de forma reinterada o banco vem descumprindo a questão de não haver dinheiro em todos os caixas. Isso é um desrespeito ao consumidor”, disse a secretária.

Edjane disse ainda que já está sendo feito um levantamento de todas as instituições bancárias de Patos junto ao Ministério Público, por parte do MP-PROCON.

“Já está sendo feito um levantamento junto ao MP PROCON, na pessoa de Dr. Glauberto, onde o que for entendido de forma unificada por todos os órgãos de defesa do consumidor, que a instituição que descumprir o fornecimento e a prestação de serviço por mais de cinco vezes, vão ter suas atividades suspensas e se tiver de chegar a conclusões mais drásticas de ter que fechar a instituição o Procon não vai se furtar a isso”, concluiu.

O SERVIÇO 

O serviço de abastecimento dos caixas eletrônicos se enquadra nos serviços essenciais, serviços os quais os bancos não podem deixar de efetuar, pois, afeta a economia municipal e prejudica a população.

Assessoria

Fotos e vídeos da postagem


  • Clique para ampliar 
  • Clique para ampliar 

Comentários
0 Comentários