Polícia mata suspeito de assalto com ao menos 20 tiros na praça da Sé.

Suspeito foi morto nos degraus na Catedral da SéReprodução
A ação que terminou com duas pessoas mortas nesta sexta-feira (4) em frente à Catedral da Sé, na região central de São Paulo, foi gravada por testemunhas. Nas imagens, é possível ver o momento em que o morador de rua que tentou defender uma vítima de assalto é baleado. Na sequência, os policiais militares atiram pelo menos 20 vezes contra o suspeito.
De acordo com testemunhas, Elenilda Mariano de Oliveira, de 25 anos, sacou dinheiro em um banco da região e, quando atravessava a praça, foi abordada por um assaltante armado nas escadarias da Catedral e feita refém. O morador de rua Francisco Erasmo Rodrigues de Lima, de 61 anos, acabou morrendo na ação.
Segundo a Polícia Militar, Elenilda foi levada para a Santa Casa com ferimentos na cabeça decorrentes das pancadas que recebeu enquanto estava imobilizada.
A PM informou, ainda, que o suspeito da tentativa de assalto tem uma extensa ficha criminal e já cumpriu 22 anos de pena. A corporação não se posicionou, no entanto, a respeito do número de tiros que foi disparado na praça. 

Leia mais notícias sobre R7 São Paulo

Comentários
0 Comentários