Jovem é morto após apontar arma de brinquedo para PM no Sertão.


Um adolescente de 16 anos foi morto por um policial civil de 38 anos, na tarde desta segunda-feira (25), na cidade de Sousa no Sertão paraibano, durante uma tentativa de assalto. De acordo com a polícia, o adolescente e outro homem estariam roubando pessoas em uma rua, quando o policial percebeu a ação e deu voz de prisão. O adolescente teria apontado uma arma de brinquedo para o policial que o feriu. O garoto morreu ainda no local e apenas depois dos disparos o policial teria percebido que a arma não era letal.
De acordo com o delegado de Polícia Civil da cidade de Sousa, Carlos Seabra, outro homem que estava com o adolescente praticando o roubo fugiu do local. “A dupla estava em uma moto e anunciou um assalto contra pessoas que estavam em uma rua do Centro da cidade. O policial percebeu a ação e tentou intervir. O garoto ainda tentou correr depois de ser baleado, mas caiu metros depois e morreu”, disse o delegado.
O caso ocorreu por volta das 14h (horário local) e ainda nesta tarde, o local onde o adolescente morreu passou por uma perícia. O corpo dele foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos, na mesma região. Segundo o delegado, está sendo aberto um inquérito e o caso será encaminhado para a justiça. “O policial se apresentou normalmente estamos colhendo o relato dele, das vítimas e testemunhas para concluir o inquérito e repassar o caso para a justiça. Sobre”, acrescentou Carlos Seabra.

Fonte G1

Comentários
0 Comentários