Vigilância Ambiental realiza mais um mutirão de combate ao mosquito da dengue.

 

Uma equipe de agentes de endemias esteve na manhã desta quarta-feira, 27, realizando um mutirão de visitas e vistorias no bairro Jardim Guanabara. A ação verificou recipientes de armazenamento de água em residências ativas e abandonadas, e vistoriou terrenos, com o objetivo de combater o desenvolvimento e a proliferação do mosquito aedes aegypti.

De acordo com o supervisor Argemiro de Oliveira, os mutirões acontecem duas vezes por semana e consistem numa inspeção de locais que possam oferecer condições favoráveis para o desenvolvimento da larva do mosquito.

“O trabalho em combate ao mosquito da dengue que também transmite a febre chikungunya e o zika vírus é constante e acontece de janeiro a janeiro, pois são ações que não podem parar. Com este período chuvoso nós intensificamos as ações, sobretudo em terrenos baldios e em casas abandonadas, que são lugares ideais para o mosquito se reproduzir,” explicou.

Para o agente de endemias, Obede Júnior, se o trabalho da Vigilância Ambiental estiver aliado ao apoio da população, o combate ao aedes aegypti será bem mais eficaz. “Eu considero o dono da casa o agente oficial, nós somos um complemento já que nossa visita só acontece a cada dois meses. O morador está diariamente na sua residência sendo um agente determinante na hora do combate,” comentou.

Os agentes informaram ainda que só com o apoio da população é possível impedir que o mosquito inicie seu ciclo de vida. Nas lajes das casas abandonadas foram aplicados larvicidas e nos terrenos baldios são retirados e/ou eliminados recipientes que possam acumular água de chuva.

Assessoria

Comentários
0 Comentários