Governo da Paraíba entrega casas no Sertão.

Dona de casa Marcivânia Batista da Silva, 24 anos, mãe de dois filhos, 
comemorou a realização do sonho da casa própria (Foto: Divulgação)
Cento e vinte e seis unidades habitacionais foram entregues pelo governador Ricardo Coutinho, nesse sábado (19), na cidade de Sousa, localizada no Sertão paraibano. Essa iniciativa beneficiou diretamente mais de 500 pessoas. Na região polarizada pela cidade, o Governo do Estado investe, através do Orçamento Democrático, mais de R$ 25 milhões em habitação, com a construção de 466 casas.
Durante a entrega das casas, Ricardo Coutinho ressaltou que a sensação é de dever cumprido. “Hoje estamos entregando, em grande parte, com dinheiro próprio, mais 126 casas. A base da cidadania está na família e é por isso que o Estado já entregou mais de 13 mil casas e temos mais 8 mil em construção e queremos fazer mais”, declarou Ricardo.
A solenidade contou ainda com as presenças da vice-governadora Lígia Feliciano e de lideranças de Sousa, a exemplo dos ex-prefeitos Fábio Tyrone e João Estrela. Na oportunidade, o governador enfatizou que as pessoas mais carentes precisam ser ouvidas pelos políticos que devem ter a capacidade de colocar na agenda prioritária o que mais interessa ao povo.
A vice-governadora Lígia Feliciano observou que o Governo do Estado tem cumprido sua agenda social garantindo moradia para milhares de famílias paraibanas. “Gente humilde, gente trabalhadora que tem conquistado direitos, realizado sonhos e o da casa própria é um desses”, comemorou.
A presidente da Cehap, Emília Correia Lima explicou que o conjunto começou a ser construído em 2004. Em 2011, o governador Ricardo recomendou a retomada das obras. Houve invasões e, através do Ministério Público, o Estado continuou a construção e agora entrega mais uma etapa. “Colocamos mais recursos do Governo do Estado para avançar com as obras. Essa é a terceira etapa e só vai restar uma para que possamos comemorar toda entrega”, explicou.
Todos os contemplados estavam inscritos e foram visitados dentro dos critérios de transparência do programa habitacional.
A dona de casa Marcivânia Batista da Silva, 24 anos, mãe de dois filhos, e o marido dela, Francinaldo Florentino, comemoraram a realização do sonho da casa própria. “Eu tive uma luta de vários anos e agora, graças a Deus, eu e minha família temos onde morar”, declarou Marcivânia.

Comentários
0 Comentários