Patos inicia vacinação contra gripe e gestantes comparecem às unidades.


 
A cidade de Patos iniciou na manhã desta segunda-feira, dia 11, a primeira etapa da vacinação contra influenza. Este início de campanha traz a prerrogativa de ser exclusiva para gestantes e profissionais de saúde que atuam nas áreas de urgência e emergência, unidades básicas de saúde e centros de saúde. Demais grupos prioritários serão imunizados a partir do dia 30 deste mês.
Rosalina Araújo da Silva, grávida de sete meses, escolheu o primeiro dia da campanha para se imunizar. “Vim logo no primeiro dia para tomar logo a vacina e ficar livre de pegar a H1N1. É preciso tomar cuidado. Não quero ser afetada, nem meu bebê,” afirmou.
Diversas unidades de saúde estiveram abertas em diferentes bairros, uma delas foi a UBS Ministro Ernani Sátyro, na Vila Cavalcante, que foi bastante procurada pelos profissionais e gestantes do bairro e das adjacências.
Vacinação em Patos - espera.jpg
O coordenador do DGA 3, Richardson Dantas, destacou a preocupação em iniciar a campanha de vacinação com as gestantes e os profissionais de saúde e classificou como satisfatória a procura no primeiro dia. “Hoje tivemos assembleia dos servidores, mas mesmo assim mantemos o compromisso de abrir unidades âncoras em cada localidade da cidade para que a vacinação se iniciasse logo e não fosse comprometida,” revelou.
A vacina contra gripe é trivalente e protege contra os três subtipos do vírus da gripe a A/H1N1, A/H3N2 e influenza B. E além de atender os grupos de gestantes e profissionais de saúde, nesta primeira etapa, a partir do dia 30 de abril, atenderá demais grupos prioritários como crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias, idosos com 60 anos ou mais, povos indígenas, puérperas em até 45 dias após o parto, integrantes do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.


Assessoria

Comentários
0 Comentários