Saiba sobre síndrome de Guillain-Barré, relacionada ao vírus Zika, que matou ex-vereador de Diamante.


O ex-vereador de Diamante, Raimundo Ângelo da Costa, de 77 anos, morreu, na noite dessa terça-feira (12), vítima de complicações da Síndrome de Guillain-Barré. Ele estava internado há 23 dias no Hospital Ortotrauma, em Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa. A informação foi confirmada ao Portal Correio por uma nora do ex-vereador, que preferiu não ter o nome divulgado na matéria.
Segundo ela, Raimundo Ângelo apresentou sintomas de zika e chikungunya quando ainda estava em Diamante. Ele foi atendido algumas vezes em hospitais da região, medicado e liberado para voltar para casa. Mas os sintomas não acabaram com o passar dos dias e o ex-vereador piorou.
“Quando ele chegou a João Pessoa, no dia 20 de março, já estava sem falar e sem andar. Foram feitos vários exames e uns 10 dias atrás foi confirmada a Guillain-Barré. O médico disse que a infecção estava muito forte e tinha evoluído para uma encefalite. Também fomos informados que a recuperação do meu sogro seria muito difícil. Ontem [terça-feira], por volta das 22h, recebemos a notícia de que ele não havia resistido”, explicou.
Raimundo Ângelo da Costa era conhecido em Diamante como "Raimundo Noel". Ele foi vereador do município por três mandatos e deixou 9 filhos.
Síndrome de Guillain-Barré
A síndrome de Guillain-Barré é uma doença do sistema nervoso. É uma síndrome rara, que tem tratamento, mas, dependendo da gravidade, pode levar à morte. O processo de recuperação é lento e pode levar meses até que o paciente seja considerado curado.
Os principais sintomas são formigamento, fraqueza e a paralisia dos músculos do corpo. A doença começa a se manifestar pelas pernas e pode irradiar para o tronco, os braços e o rosto. O maior risco dessa síndrome é quando ela atinge os músculos respiratórios, dificultando ou até impedindo a respiração. 

Há indícios de que o vírus Zika está relacionado à ocorrência da síndrome de Guillain-Barré. O Zika é transmitido pelo Aedes aegypti, que também é responsável pela dengue e pela febre chikungunya.

A síndrome de Guillain-Barré deve ser considerada uma emergência médica que exige internação hospitalar já na fase inicial da enfermidade. Se você apresentar algum sintoma, procure um médico imediatamente.

Fonte Diamante Online

Comentários
0 Comentários