Aprovados no concurso da Polícia Militar e dos Bombeiros fazem ato durante vinda do Governador à cidade de Patos.


Portando faixas e usando camisas padronizadas, cerca de 20 aprovados no concurso público para preenchimento de vagas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado da Paraíba, fizeram ato durante a realização da plenária do Orçamento Democrático Estadual (ODE) ocorrido na cidade de Patos nesta segunda-feira, dia 02.
Um dos aprovados fez uso da tribuna do ODE para expor a situação vivida na segurança pública. Contingente reduzido, assaltos constantes, efetivo composto por policiais pagando serviço na folga, dentre outros agravantes. No discurso, o aprovado no concurso, disse que dos atuais 9.342 policiais, 988 são guardas da reserva e apenas 6.226 fazem o trabalho ostensivo, ou seja, estão nas ruas.
A revolta dos aprovados é que não se tem data para chamar os mais de 800 homens e mulheres que fizeram o concurso, estão aptos ao trabalho, no entanto, aguardam o que seria natural diante do certame, que seria treinamento e assumir os postos de serviço.
O Governador Ricardo Coutinho (PSB) ainda falou com uma comissão dos aprovados da Polícia Militar e do Bombeiro Militar presente ao evento, porém disse que a questão era falta de recursos para pagar os salários. De acordo com informações, a necessidade atual da Polícia Militar em relação ao contingente pode chegar a quase 9.000 homens.
Diante da negativa do Governo do Estado da Paraíba, os aprovados estão movendo ações na justiça e realizando protestos em diversos locais do Estado.


Jozivan Antero – Patosonline.com

Comentários
0 Comentários