Quatro candidatos a prefeito e 38 aspirantes a vereador já pediram registro na Justiça Eleitoral.

No sistema de registro de candidaturas do Tribunal 
Superior Eleitoral (TSE). (Foto: Divulgação )
O sistema de registro de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já recebeu o pedido de quatro nomes para prefeito, vice-prefeito e 38 para vereadores em quatro cidades na Paraíba. O prazo final para apresentar os documentos e manifestar interesse em concorrer ao pleito deste ano vai até o dia 15 de agosto, de acordo com nova redação da Lei das Eleições. 
Os nomes que solicitaram o registro serão candidatos nas cidades de Esperança, Frei Martinho, Mataraca e Água Branca. Na relação, está o nome de Givonaldo Santiago (Pros) que disputará a Prefeitura de Esperança e um candidato a vereador. Em Mataraca, o prefeiturável é Valter da Silva candidato pelo Partido Verde (PV). 
A coligação que registrou o maior número de candidatos a vereador é a “Verdade, Honestidade e Trabalho” na cidade de Frei Martinho, localizada no Seridó da Paraíba. Foram pedidos 18 registros de candidaturas para vereadores do PMDB, PSC, PSDB e PMN. Para prefeito foi solicitada a candidatura de Rommel Marques (PMDB) e Maria de Fátima (PSDB) como vice-prefeita. 
Para o município de Água Branca, no Cariri paraibano, foi pedido o registro da candidatura a prefeito de Tarcísio Alves (PSB), Fabiano Batista (Pros) como vice-prefeito e 16 nomes para vereador. 
Com a nova redação da Lei das Eleições, o prazo de entrada do requerimento de registro de candidato a cargo eletivo em cartório ou na secretaria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terminará, sem possibilidade de prorrogação, às 19h do dia 15 de agosto do ano em que se realizarem as eleições. A redação anterior do dispositivo previa como prazo final o nonagésimo dia anterior à data das eleições.
Em relação a postergação do prazo do registro de candidatura, o ministro Henrique Neves ressalta que é importante os candidatos ficarem atentos. “Não precisa esperar [o fim do prazo], eles podem pedir o registro de candidatura antes do dia 15, tão logo seja realizada a convenção partidária”.
Segundo o ministro, os partidos políticos que realizarem esse pedido com antecedência terão uma vantagem, pois já estarão com toda documentação pronta já para o dia 16 de agosto, quando se inicia a propaganda eleitoral.

Comentários
0 Comentários