Irregularidades em pedidos de registros são principais motivos para indeferimentos de candidaturas na PB.

Resultado de imagem para candidatos
Dois candidatos a prefeito na Paraíba foram barrados pela Justiça Eleitoral. Um deles foi enquadrado Lei da Ficha Limpa, que torna agentes políticos inelegíveis. Dois candidatos a vereador no estado também teve pedidos impugnados pelo mesmo motivo. Outros 52 candidatos a vereança tiveram os registros indeferidos por descumprimento de requisitos.
Em Catolé do Rocha, o juiz da 36ª Zona Eleitoral, Alírio Maciel Lima de Brito, indeferiu o registro de candidatura do prefeito de Leomar Benício Maia (PTB), da coligação ‘É o Povo de Novo’. Dentre as justificativas para a impugnação, a alegação de o mesmo está inelegível em razão da reprovação de suas contas referente ao exercício do ano de 2013. A sentença foi publicada na edição desta quinta-feira (1º) do Diário da Justiça Eletrônico.
Outro prefeito no estado também teve candidatura impugnada. Edson Rodrigues (PSL), da coligação ‘Ingá de Coração’, caiu na Leia da Ficha Limpa e não poderá disputar a Prefeitura de Ingá.
Também tiveram registros indeferidos, de acordo com Tribunal Superior Eleitoral, 54 candidatos a vereador. Desses, 49 foram por ausência de requisito registro, um por documentação incompleta, dois por estarem enquadrados na Lei da Ficha Limpa, um por indeferimento do partido ou coligação e um por inelegibilidade.
Ainda segundo o TSE, na Paraíba, dos 11.884 candidatos que registraram candidatura, 81 renunciaram.


Fonte - Blog do Gordinho 

Comentários
0 Comentários