Professores da UEPB reclamam de atraso no pagamento do 13º salário.

Conforme a ADUEPB, este é o segundo ano seguido que a UEPB atrasa o pagamento do 13º salário. (Foto: Divulgação)
A Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (Aduepb) entrou com uma ação judicial para obrigar a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) a pagar a segunda parcela do 13º salário dos professores. O valor era para ter sido pago no dia 20 deste mês, mas está atrasado e não existe previsão oficial para depósito.
De acordo com reitor da UEPB, Rangel Júnior, será preciso aguardar deliberação da Secretaria de Finanças do Estado para confirmar o pagamento. Conforme a ADUEPB, este é o segundo ano seguido que a UEPB atrasa o pagamento do 13º salário.
“A retenção do 13º salário é classificada pela Constituição Federal, no seu artigo 7º, inciso X, como crime de retenção dolosa, podendo o empregador ser responsabilizado por apropriação indébita. Caso a Reitoria não realize o pagamento em 24 horas, o sindicato entrará na justiça para obrigar a universidade e o governo do estado a garantir o direito dos professores”, informou a Aduepb por meio de nota.

ClickPB

Comentários
0 Comentários