Sisu é hackeado e aluna nota mil é remanejada de Medicina para Produção de Cachaça.

Ela diz que, após a divulgação do resultado do Sisu, chegou a receber mensagens avisando 
que ela teria sido "vítima de uma fraude", mas pensou 
se tratar de uma brincadeira (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
Uma falha de segurança no sistema de troca de senha do ENEM 2016 permitiu que usuários de um fórum anônimo pudessem acessar e trocar a escolha de curso de diversos candidatos do Sisu. Segundo a postagem no fórum anônimo, bastava acessar uma lista de CPF e trocar a senha. 
A paraibana Tereza Gomes, 23, obteve nota mil na redação do ENEM 2016 e buscava uma vaga no curso de Medicina. Seu nome, no entanto, figura na lista de convocados do Sisu para o curso tecnológico de produção de cachaça do IFNMG (Instituto Federal do Norte de Minas Gerais) - opção que ela afirma não ter feito.
"Eu vi o sistema do Sisu até sexta [dia 27], porque, apesar da nota mil, eu estava muito longe [da nota de corte em medicina]. A prova de matemática me prejudicou muito", conta Tereza.
Ela diz que, após a divulgação do resultado do Sisu, chegou a receber mensagens avisando que ela teria sido "vítima de uma fraude", mas pensou se tratar de uma brincadeira.
"Ontem à noite recebi mensagem de alguém que não conheço dizendo 'você foi vítima de uma fraude', mas achei que era montagem de gente ruim", conta. "Imagina se minha nota fosse alta? É muita ruindade", lamenta a jovem, que ganhou uma bolsa de monitoria de redação em um cursinho e vai continuar estudando num preparatório para tentar o ENEM 2017.
O Ministério da Educação afirmou que o sistema do Sisu tem um nível de segurança elevado, onde qualquer ação realizada nos perfis pessoais são registradas em um histórico. Porém, a pasta ainda não confirmou se as denúncias de roubo de senha procedem.

Comentários
0 Comentários