Servidores se reúnem em Assembleia para discutir provável privatização da Cagepa.


O presidente do Sindágua-PB,  José Reno de Sousa, participou nesta terça-feira (28), de uma assembleia com servidores da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa). O encontro aconteceu na cidade de Patos, sertão do estado da Paraíba.
José Reno disse que o debate girou em torno da política nefasta do governador federal, como ele mesmo classificou. Segundo ele, o atual presidente vem impondo aos estados uma situação de desmonte dos estados brasileiros, e na Paraíba chegou a questão da venda da água através da privatização da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (CAGEPA).
Ele ainda disse que o governador Ricardo Coutinho teve a consideração com os trabalhadores, uma vez que convocou as entidades sindicais e colocou uma contrapartida para impedir a privatização. Ricardo Coutinho teria falado em um procedimento de ajuste.
Para isso, os trabalhadores estariam dando esse aval ao governo, tendo em vista que estão tensos e preocupados com seus empregos.
Ele ainda acrescentou:
“Nós também estamos preparando uma série de questionamentos que levaremos à gestão interna da empresa. Para isso, solicitaremos que o governo estadual intervenha junto à empresa. O governador coloca que os investimentos foram todos bloqueados, e portanto, isso comunga com uma intenção do governo federal de colocar a empresa dentro do programa da parceria pública de investimento. Ou seja, se o estado precisar de algum empréstimo, terá que colocar a empresa à venda”, explicou.
Ainda segundo José Reno, a atual política nacional do país busca desmontar o estado.
Saiba mais na entrevista que segue abaixo.

  
Matéria por Patosonline.com 
Sonora e foto de Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)

Comentários
0 Comentários