Ricardo assina ordem de abertura de licitação da adutora TransParaíba.

Ricardo Coutinho, governador da Paraíba (Foto: Walla Santos)
O governador Ricardo Coutinho assina, nesta quarta-feira (10), a ordem de abertura da licitação do Sistema Adutor TransParaíba, que vai atender as populações de 19 municípios paraibanos, garantindo a segurança hídrica para mais de 140 mil moradores das regiões do Curimataú e do Agreste paraibano que sofrem há décadas com a escassez d’água. A obra faz parte do programa Mais Trabalho e prevê investimentos da ordem de R$ 220 milhões.
Para isso, Ricardo Coutinho realizará a Caravana Curimataú, que vai percorrer seis dos 19 municípios beneficiados pela adutora TransParaíba: Soledade, São Vicente do Seridó, Cubati, Pedra Lavrada, Nova Palmeira e Picuí. Em alguns destes municípios, também serão assinadas ordem de serviço para construção de barragens.
O sistema adutor Curimataú corresponde ao Segmento II da Transparaíba. Esse segmento apresenta uma extensão de mais de 350 km, com diâmetro variando entre 150 mm a 600 mm, uma estação de tratamento que irá trazer água de qualidade a população com capacidade de tratar mais de 544 l/s, e ainda, serão construídas 21 estações de bombeamento, beneficiando em final de plano 148.000 mil habitantes em 19 municípios.
Segundo o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia “A Transparaíba – Sistema Adutor Curimataú, é uma das grandes obras complementares ao projeto de Integração do São Francisco e será de extrema importância para garantir a segurança hídrica para as regiões do Curimataú e Agreste paraibano. Outra grande obra é o Canal Acauã/Araçagi, localizado no eixo Norte do Estado, que deverá ser entregue, a primeira etapa, no próximo semestre pelo Governador Ricardo Coutinho. Com tudo isso, a Paraíba será o Estado que terá a melhor distribuição das águas do São Francisco”, afirmou.
O secretário ainda acrescentou a importância das obras hídricas para o desenvolvimento econômico dos municípios. “Para uma indústria se instalar em um município, ela necessita de segurança hídrica. Quantas vezes nós ouvimos casos de empresas que não se instalaram em um determinado município porque não tinha a garantia de água. Se foi resolvida a questão da logistitica com o transporte, através do programa Caminhos da Paraíba, agora chegou a vez da gente atingir a tão sonhada segurança hídrica e essa possibilidade só vai acontecer através de grandes obras como estas”, acrescentou.    
Até 2050 as cidades das regiões da Borborema e Agreste terão garantia hídrica. O sistema Curimataú tem captação no Açude Epitácio Pessoa – Boqueirão de onde se desenvolve margeando estradas vicinais até a cidade de Boa vista. Logo o eixo adutor segue em direção até a cidade de Soledade. Desta localidade segue em direção sul do Estado margeando as PB-177, PB-187 e no segmento final pela BR-104, atendendo a população das cidades de Boa Vista, Boqueirão, Soledade, Juazeirinho, São Vicente do Seridó, Olivedos, Cubati, Pedra Lavrada, Nova Palmeira, Sôssego, Baraúna, Picuí, Frei Martinho, Cuité, Nova Floresta, Barra de Santa Rosa, Damião, Cacimba de Dentro e Araruna. A obra está orçada em torno de 350 milhões de reais garantindo sustentabilidade hídrica a uma região tão carente desse bem.
Barragens – Durante a Caravana Curimataú, o governador Ricardo Coutinho vai assinar ordens de serviço para a construção das barragens Porcos (Pedra Lavrada) e Cacimbinha (São Vicente do Seridó). Os investimentos nos equipamentos ultrapassam R$10 milhões. As barragens também fazem parte do Programa Mais Trabalho, no qual serão investidos mais de meio bilhão de reais em obras que visam a melhoria da qualidade de vida do paraibano.
A cidade de Pedra Lavrada, localizada no Seridó Ocidental, sofre atualmente com a escassez de água. O abastecimento da zona urbana do município se dá através da adutora do Cariri com captação das águas no açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que se encontra no momento com baixo nível de acumulação, em torno de 5%. Por outro lado, a zona rural sofre em maior intensidade por não ter um manancial nas suas proximidades. Diante das circunstâncias, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, decidiu construir a barragem Porcos, que irá beneficiar toda a população de Pedra Lavrada, que compreende 7, 035 habitantes, gerando assim, mais um reforço no abastecimento.  A barragem Porcos receberá investimentos na ordem R$ 4.673.585,01 e terá capacidade de acumulação de 5.657.625 m ³.
Outra barragem que terá sua ordem de serviço assinada nesta quarta-feira (10) será a de Cacimbinha, localizada no município de São Vicente do Seridó que possui uma população de 10.994 habitantes. O equipamento terá capacidade de acumulação 1.002.650 m³ e receberá investimentos no valor de R$3.346.494,99. O município sofre com escassez de água sendo abastecido também pela adutora do Cariri.

Comentários
0 Comentários